Devaneios

Envolvida em negro véu

A noite abraça a terra

Olhos da lua

Descerram o meu interior

Sensações e temor me afligem

Eu mergulho nelas.

Sinto restos de memória

Abro a janela

Arde meu coração

Uma falsa mocidade

Ascende desejos de imaginação.