Exaltação

Guardada por serras goianas

Entre rochedos escondida

Num vale verdejante

A pousada do Rio Quente

Guarda segredos latentes

Como virgem dama

Às transparências do amante

Parece adormecida

Caprichosa natureza

Abriga em seu seio

A maior fonte do mundo

Fonte de águas termais

Que se despencam em meio

A jardins, bosques naturais

De exuberante belezas

Águas cristalinas se deitam

Para gozos solutas

De banhos envolventes

Contato mágico

Como ópio suave

Toma conta da gente.