INCOERÊNCIAS

Entre o amor e o vinho

- dois fortes nutrientes -

pouca semelhança existe.

O amor encanta, pacifica,

o vinho estimula, excita.

Usados com prudência

agem prazerosamente.