Feliz encontro

Junto ao portão te encontrei.

Uma presença naquela manhã

Entre a luz disfarçada

De um raio de sol

E tufos de flores.

Tempo de flamboyant.

Uma brisa leve envolvia seu corpo

Num bailado sensual.

Nos seus olhos um esbanjar

De verdes esmeraldas.

Sob teus pés versos

Sem histórias, sem verdades.

Lembranças que se perderam

Sepultadas

No túmulo da saudade.

Teus braços aceitam os meus

Que te apertam junto ao peito.

Desfrutas cada momento

Absorvida na ilusão

De viver a sonhar

Sonhando perfeito

A sede dos meus beijos

Carícias e o desejo ardente

De te amar.