Acertando o tom

A vida vai, a vida vem...

Como onda que se eleva, vaga,

tudo passa... tudo é transitório.

O real não se mostra, apaga,

ultrapassa o que é

em movimentos ondulatórios

e dispensa entendimentos.

Pois é...

Cultivando várias formas de vida

o homem age como se de ferro fosse:

cria sua religião, assume alma de criança,

busca ter, destrói identidades,

veste máscaras, desfaz crença,

cria novas formas pelo verbo.

Sonha...

Na tentativa de vencer outras esferas,

o homem vive de forma intensa,

cria lirismos e se afasta do real.

Pela arte escoa toda sua vida,

procura repouso, combate obstáculos.

Cria...

Na pintura, como criador de mundos,

expõe o texto em fragmentos,

imprime movimentos.

Usa cores na intencionalidade

de colocar para fora

o silêncio dos aprisionados.

Enfeita....

Pela linguagem expõe suas verdades.

Rebelde, busca a liberdade.

Enquanto dramatiza a ação,

fabrica belos poemas.

Entre pausas, cortes e ritmos

com múltiplas possibilidades e

inúmeras vertentes para a leitura,

poetiza...

Na tentativa de compreender o imaginário,

a linguagem nos limites de sua influência.

Recriando o existir, separa, ordena, une...

Preconiza a função criadora.

Na Literatura, na pintura ou na música

expõe o conteúdo da autorreflexão...

Transgride.. .