AMOR ETERNO

Nossos corpos se uniram

Num contato sensual.

Nossos corpos se amaram,

Numa entrega total.

Deite-te amor inteiro:

Pele, pelo, paixão.

Outro igual não serei capaz.

Seu sadismo, a maldade

Do teu coração fugaz

Destruíram nossa relação,

Gota a gota, até findar.

Maria, como tantas outras Marias,

Machucada...

Pelo gosto da ingratidão,

Por um largo sonho de viver

Carrega saudades

E a dor calada

Das sobras deste mal querer.