SANTOS, OS ESCOLHIDOS POR DEUS

Ando devagarinho

Alma cheia de sonhos

Vou fazendo meus versinhos.


A longa história da humanidade mostra que, embora o homem tenha sido criado à imagem de Deus, muitos esquecem as Leis Divinas, os conceitos de fraternidade e preceitos sobre a convivência humana, e se deixam levar pelo egoísmo. Se transformam verdadeiras serpentes traiçoeiras e venenosas.

Felizmente a maioria cultiva com carinho as sementes do amor, da bondade e do perdão que o Criador depositou em nossos corações.

Há os que por excepcionais virtudes são chamados de Eleitos de Deus.

José de Anchieta pode ser cognominado assim. Este grande beato, hoje santo, viveu em graça e sabedoria voltado unicamente para as coisas de Deus. Trabalhou e difundiu a fé cristã por onde passou.

Viveu no Espírito Santo de 1587 a 1597 e aqui lhe são conferidos fatos extraordinários.

O povo de Anchieta, município capixaba que leva o seu nome e onde viveu e entregou sua santa e piedosa alma a Deus, foi testemunha de sua santidade.

É voz popular que Anchieta se envolveu em vários casos sobrenaturais.

A Igreja o canonizou.

O povo o considera um Santo.


O grande Santo nos falou:

Remover montanhas

É força que Ele nos doou.

Seja forte, o Santo ensinou.


Quem não enfrenta montanha,

Montanhas de lutas tantas,

Não conhece a planície

Brisa suave que encanta.


O amor é como a lua

Se desmancha em ternura,

Quando não cresce, mingua

Se desfaz em noite escura.