Uma historinha sobre o Natal

Rogério Salgado “Quando eu era pequenininho, em todos os Natais eu era feliz, porque em todos os Natais, Papai Noel deixava aos pés da minha cama, o presente que eu lhe pedia. Assim que fui crescendo, comecei a observar que as criancinhas que eram mais pobres do que eu, recebiam presentinhos bem fajutos e aquelas criancinhas que eram bem, mas bem mais pobres mesmo, passavam o Natal tristinhas porque não recebiam nenhum presente. Foi assim que descobri que Papai Noel era um velho muito filho da p... e além de tudo, era sacana e preconceituoso socialmente. Cresci e pude observar que a maioria das pessoas se envolvem no espírito do Natal e fazem campanha para ajudar os que precisam todo mês de

Porque é NATAL!

Regina Menezes Loureiro Penso muito em você, nesta data, em nossa amizade tão querida! Agradeço, em preces sinceras. Sorrio por entre lágrimas de felicidade ao relembrar nossa amizade. Cultivo pepitas de amor durante meus sonhos para lhe oferecer como delicado presente. São lembranças que envolvo em teias de cristal para alegrar toda família, neste Natal. Porque é Natal, vivo intensamente e procuro novos valores para festejar este Grande Dia. Lembro a amizade que se benfazeja. Mesmo que o Natal chegue, passe, voltará ... faço agora uma prece pela paz, por todos que amam, e sabem perdoar... Aos amigos envio votos de muita saúde embalados numa prece de esperança. Enquanto tantos sofrem lembr

CORDEL DE ANCHIETA

Gualberto Bruno de Andrade I II Padre José de Anchieta, Desde sua meninice, Espanhol de nascimento, Foi fiel à religião, Em Tenerife nasceu, Queria ser sacerdote, Foi grande acontecimento. Além de puro cristão. A família se alegrou, A família exultou Toda gente se abraçou, Quando com os pais falou Festejou-se o advento. Dessa sua vocação. III IV Era primo de Inácio Ao chegar a Portugal, De Loy

Postagens anteriores

Envie seu email