• Regina Menezes Loureiro

Eu quero viver numa casa de campo

com sabor de papoulas e mangueiras,

com a fresca aragem do rio em seu canto,

sorrir e amar à sombra das laranjeiras.


Sorrir como quem vive pequenas alegrias,

sem nó na garganta, sem agressões,

e despertar meio dolente, sem fobias,

com o coração feito de amor e declarações.


Limpar o rio que ainda sofre e corre

e carrega nas beiras as feridas da secura.

Quero mergulhar bem fundo, fugir do corre-corre

- vale a pena- e voltar ao tempo de fartura.


E daqui, da beira do rio, alimento peixinhos

em seus nadares redondos, vivos e então

com algumas pedras na mão eu me lanço

e me perco, de vara e anzol na mão.


Na beira do rio, pescando e pensando sem dó,

cesto no chão, peixinho pobrezinho, no rio

chora o cheiro de areia molhada no ar

tão vivo e eu pesco, não pesco um só.


Eu quero viver tranquila no campo,

- cabeça cheia de minhocas - gostaria

de pescar num rio mansinho, sem pirilampo,

separando minhocas para a pescaria.


As flores e o colibri

que pousa em minha janela,

a existência que vivi

nesta vida magricela.


O beija-flor, na janela,

aquele sol inda ausente

é como uma sentinela,

zela meu sono indolente


Busco na Mãe Natureza

a amizade e passarinhos,

e busco toda beleza

alimento animaizinhos.

  • Regina Menezes Loureiro

Descobri que minha família é modelo e eu sou muito feliz.

Ela me ensina o caminho do bem e a viver de portas abertas.

Sem exageros me protege, ajuda, ama, corrige e um olhar tudo diz.

Esmera-se em educar seus filhos sem idolatrias, elogia descobertas.

Segue os passos, mostra o perigo, não isola, alimenta as esperanças,

dá exemplos e prepara o ambiente para a leitura e o estudo.


Vou para a escola estudar e aprender e o próximo respeitar.

Aprenderei o sentido do trabalho honesto, sendo eu mesmo

na luta pela sobrevivência, mas agora, o meu dever é estudar.

Depois trabalhar com responsabilidades, mas ensimesmo:

nada de trabalho infantil, seja no campo ou nas cidades,

o que preciso mesmo é ler, estudar para bem me formar.


Quero saber escrever, falar, lutar pela igualdade de oportunidades,

ser justa nas lutas terrenas, analisar, cobrar e observar.

Respeitar é preciso, somos todos brasileiros e irmãos.

A mudança depende de nós! Vamos todos estudar!

Descobri que minha escola deve ser um modelo,

de respeito, amor. É o que espero da minha escola.


Minha amiga professora conduz,

educa, isto é seu compromisso de fé.

Transforma trevas em luz.

Amamos você pelo que é,

respeitamos você pelo que faz.

Cria elo em nossas realizações,

realimenta o nosso ideal de paz.


Espero que a Nova Escola nos ensine trilhar o caminho do bem, conduza ao encontro do outro, de portas abertas, sem discriminações.

Precisamos de proteção, amor e paciência e que corrija também. Educar exige paciência sem idolatrias, mas é necessário elogiar e incentivar descobertas.

Mostre o perigo, não me isole, alimente esperanças e me prepare para o estudo e para a leitura de mundo.

Sua aluna, Maria da Penha

  • Regina Menezes Loureiro

Quem me faz companhia? Quem será?

Quem só me traz alegria contagiante,

tem garras e ataca tal qual carcará,

que desperta rumores e sempre estará

com o coração de amores, transbordante?

Quem será?

Será um vencedor que nasceu

nos becos imundos e nas dores,

e que de boas amizades incandesceu

toda a família de repletos amores?

Será um herói que viveu?

O que será?

Será então, um animal de garras ferinas

com a certeza de também ser gente...

de olhos ardentes tal qual bailarinas,

que amam e falam de jeito diferente

mas que me faz companhias?

Quem será?

Quem ama pede e grita insistente?

Será um herói de verdade, até me confundo,

ou será um poeta em verso e prosa,

um versador com sentimento profundo,

ou quem canta, me encanta e até faz glosa?

Quem será?

Quem me traz alegria e é pura amizade?...

e tem alma de bom poeta? Quem será?

Será o nosso super herói da fidelidade.

que nasceu pobre, mas é pura beleza,

e é um amigo sincero, com certeza.

Quem será?

Mas será tudo isto, ou tem mais?

Ele está sempre comigo, me traz alegria.

Ele não tem medalhas, nem faço questão!

Este vira-latas aduladeiro é demais!

Este meu amigo é o Barão!

Adotei um vira-lata, eles são especiais!

Todos são heróis como o Barão,

Super Heróis excepcionais!

Fazem companhia, trazem alegria e estão

com o coração transbordante de amores.

2/55

Postagens anteriores

Envie seu email

Seus detalhes foram enviados com sucesso!